Meio ambiente é o foco do blog produzido por alunos do 6º período de Jornalismo da PUC-Campinas, resultado da disciplina Jornalismo On Line.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Academias ao ar livre: nova opção de lazer em Indaiatuba

Bruno Corrêa

A iniciativa para a criação das academias ao ar livre de Indaiatuba surgiu do prefeito Reinaldo Nogueira, visando oferecer mais uma opção de lazer e melhorias da saúde e circulação principalmente para as pessoas de terceira idade.

Por meio da Secretaria de Obras e Vias Publicas, o projeto teve início no dia 27 de setembro, sendo o primeiro ponto das academias localizado no Parque Ecológico, no cruzamento das avenidas Engenheiro Fábio Roberto Barnabé e Ário Barnabé. São seis pontos de academias concluídos este ano, e já existem planejamentos para futuras construções, como é previsto para o Parque Residencial Indaiá, o qual seria o sexto ponto a ser concluído este ano, não fosse a indicação do vereador Osmar Ferreira Bastos para que o sexto ponto localiza-se no Parque da Liberdade, assim, o Parque Indaiá está configurado como o primeiro local de academia a ser construído em 2010. O projeto inicil, ou seja, as seis academias, está orçado em aproximadamente R$ 70 mil.
Cada academia conta com nove tipos de aparelhos de ginástica, os quais são providos de tratamento especial de pintura para que não haja desgaste devido a condições naturais como chuva e exposição ao sol. No local há uma placa informativa sobre os aparelhos.


placa informativa ante-treino


Placa informativa sobre os aparelhos




Os equipamentos são os seguintes:


Simulador de caminhada, para aumentar a mobilidade dos membros inferiores e desenvolver a coordenação motora


Multi-exercitador, para fortalecer, alongar e aumentar a flexibilidade dos membros inferiores e superiores


Pressão de pernas, para fortalecer a musculatura das coxas e quadris



Remada sentada, para fortalecer a musculatura das costas e ombros


Esqui, para aumentar a flexibilidade dos membros inferiores, membros superiores e quadris e melhorar a função cardiorespiratória


Surf, paramelhorar a flexibilidade e agilidade dos membros inferiores, quadris e região lombar


Simulador de cavalgada, fortalecer membro inferiore e membros superiores e aumentar a capacidade cardiorespiratória


Rotação dupla diagonal, para aumentar mobilidade das articulações de ombros e cotovelos


Rotação vertical, para fortalecer os membros superiores e melhorar a flexibilidade das articulações dos ombros


O aposentado José da Fonseca Antonello, 67, comenta ter melhoradi física e psicológicamente agora que frequenta uma academia ao ar livre "A gente fica com mais disposição, se sente mais leve, se distrai dos problemas", diz. A academia, avalia, "é boa para a saúde e para o bolso também, ainda mais para quem não tem condições de frequentar uma academia paga".


O secretário de Urbanismo e do Meio Ambiente, Nilson Alcides Gaspar, diz que existe a previsão para a construção de mais 20 academias para o ano de 2010. "Isso se não instalarmos mais porque o projeto foi muito bem recebido pela população e as academias estão sempre cheias", relata.

As seis academias previstas no projeto inicial já estão em funcionamento e podem ser utilizadas a qualquer horário. Elas se situam no Parque Ecológico, no cruzamento das avenidas Engenheiro Fábio Roberto Barnabé e Ário Barnabé; no Parque Ecológico, nas proximidades da Concha Acústica; na Praça Três Marias; no bairro Cidade Nova 2, na avenida Conceição; na Praça do Guri, no Jardim Morada do Sol; no Parque Ecológico, nas proximidades da Raia de Remo, de frente ao Jardim Monte Verde; e no Parque da Liberdade.

Um comentário:

superego disse...

A idéia é, de fato, muito legal e atrativa. Há o comércio destes aparelhos?